SJ TheDaily - шаблон joomla Форекс

Grupo Dadores de Sangue

27 outubro 2016

A população da freguesia de Arneiro das Milhariças sempre foi solidária, com espírito de partilha e ajuda ao próximo.

Constando-se a existência de um número significativo de dadores de sangue, a direção do Centro Cultural e Recreativo Arneirense contactou o Instituto Português do Sangue e da Transplantação para saber qual a viabilidade de efetuar recolhas na freguesia de Arneiro das Milhariças, tendo a primeira sido realizada no dia 30 de junho de 2013 e desde esta data tem-se realizado duas recolhas anuais.

A realização destas recolhas pretende, por um lado, permitir que os dadores não se desloquem a outros lugares para o fazer e, por outro, que os jovens da freguesia, principalmente, sintam que podem ser heróis começando a participar nas dádivas.

Cientes que muito se tem feito e que muito se pode fazer em redor desta temática, criou-se uma seção no Centro Cultural e Recreativo Arneirense para a organização, divulgação e dinamização das recolhas de sangue.

 

 

Data das recolhas de sangue em 2018:

» 24 de junho

» 18 de novembro

 

 

Quem pode doar sangue?

Podem dar sangue todas as pessoas com bom estado de saúde, com hábitos de vida saudáveis, peso igual ou superior a 50kg e idade compreendida entre os 18 e 65 anos. Para uma primeira dádiva o limite de idade são os 60 anos, fazendo-se sempre acompanhar do Cartão de Cidadão e do Cartão de Dador.

Os homens podem dar sangue de 3 em 3 meses (4 vezes ao ano) e as mulheres de 4 em 4 meses (3 vezes ao ano), sem nenhum prejuí­zo para si próprios. Dar sangue não engorda, não enfraquece e não causa habituação. A dádiva de sangue não deve ser efetuada em jejum - deve-se tomar, por exemplo, uma sanduíche e um sumo.

O candidato a dador é sempre observado pelo médico, que avalia o seu estado de saúde mediante a história clí­nica e os seus hábitos de vida. A entrevista médica tem como objetivo salvaguardar a saúde do próprio dador, bem como a saúde do doente que irá receber o sangue. Depois da história clí­nica, o dador é submetido a um exame sumário com medição do pulso, da tensão arterial e doseamento da hemoglobina, para ver se os glóbulos vermelhos são suficientes para dar sangue sem prejuí­zo para a sua saúde. Se houver alguma anomalia o dador poderá ser suspenso temporária ou definitivamente, dependendo da situação.

Devido ao comportamento e ao estilo de vida, algumas pessoas não devem dar sangue por estarem mais expostas a determinados agentes infecciosos, que podem comprometer a segurança da transfusão.

 

Para a segurança do doente não dê sangue se:

» Alguma vez utilizou drogas por via endovenosa;

» Teve contactos sexuais a troco de dinheiro ou drogas;

» Sendo homem, teve contactos sexuais com homens;

» Teve contactos sexuais com múltiplos(as) parceiros(as); 

Se foi parceiro sexual de:

» Qualquer dos grupos anteriores;

» Seropositivo para o Ví­rus de Imunodeficiência Humana - VIH;

» Portador crónico do Vírus da Hepatite B e Hepatite C - VHB, VHC; 

E, ainda, se:

» Tem história familiar de Doença de Creutzfeldt-Jacob e variante - DCJ, vDCJ; 

» Fez tratamento com hormona de crescimento, pituitária ou gonadotrofina de origem humana; 

» Fez transplante de córnea ou dura-máter; 

» Tem Epilepsia, Diabetes insulino-dependente ou Hipertensão grave; 

» Teve Paludismo/Malária nos últimos 3 anos; 

» Teve parto nos últimos 12 meses; 

» Fez transfusão nos últimos 12 meses; 

» Foi operado nos últimos 6 meses; 

» Fez Endoscopia nos últimos 12 meses; 

» Fez tatuagem ou piercing nos últimos 12 meses; 

» Teve um novo(a) parceiro(a) sexual nos últimos 6 meses.

 

 

Clique aqui para esclarecer dúvidas sobre a doação de sangue.

 

Contacto

Praça 20 de Janeiro, nº 17
2000-433 Arneiro das Milhariças

Telemóvel: 917229107
Telefone: 243445299
Direção: geral@ccra.pt
 

 

DMC Firewall is a Joomla Security extension!
Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. . Aceito